Oficina de pipa 2

Oficina 1

Fui convidada a participar de mais um evento em 23/5/2015, onde teria concurso de pipas concorrendo a prêmios. Eu além de participar da oficina, estaria na difícil tarefa de julgar a maior, a menor e a mais criativa – no juri. Para os participantes oportunidade de brincar, concorrer e alguns casos aprender e ver como se faz uma infinidade de brincadeiras com papel. Uma oficina de pipas e origamis seria bem oportuna: ensinando, socorrendo os acidentes de pipa rasgada e tirando da televisão, do computador e do celular a atenção de centenas de adultos e crianças e dando atenção aos olhinhos e corações abandonados de toda sorte.

veja como fazer uma pipa

assista a reportagem

37 34 32 11 oficina

O concurso submetia a inscrição paga em dinheiro, 20 reais e a doação de alimentos. Os recursos arrecadados seriam transferidos para um orfanato em Carapicuíba, próximo de Cotia / São Paulo, onde tinham mais de 60 crianças de poucos meses até 18 anos separadas dos pais pelo conselho tutelar. Desses só 12 puderam participar do evento. PENA!

Foi comovente ver as 12 crianças do orfanato correndo e pedindo pra aprender a fazer. Um deles chegou na oficina de brinquedo de papel e quando foi perguntado o que ele queria fazer ele respondeu: “quero aprender fazer qualquer coisa”. E saiu muito satisfeito com a pipa tentando coloca-la no alto.

Tinha os filhos, os sobrinhos dos organizadores, dos alunos da FATEC/Cotia organizadora do evento e os vizinhos. As meninas, queriam aprender e saiam orgulhosas com o brinquedo. Foi curioso ver tanto pai com as filhas, correndo e se divertindo. Os meninos já vieram armados com as suas peças. Tinha algumas pipas e linhas sendo comercializadas para quem quisesse se divertir sem ter o trabalho de fazer. A professora ficou feliz de finalizar uma pipa. Alguns meninos se renderam e queriam ver como se faz uma pipa. Teve um menino que assinou e colou uma estrelinha na pipa dele.

38

A segunda pessoa da esquerda pra direita está segurando uma rosácea.

Tinha algumas peças de origami expostas, algumas peças complexas e outras simples como os aviõezinhos, barcos e balões. A equipe estava atendendo mais os pedidos de pipa. Peças mais elaboradas precisam de mais tempo e mais espaço.

Um avô veio, saiu com uma peça feita na oficina. Deu uma volta, criou coragem e voltou empolgado querendo mostrar o que ele sabia fazer. Entrou na oficina, esticou o fio de linha, pegou papel e queria fazer uma franja do jeito que aprendeu na infância.

14 13 10 9  4

Na confecção da pipa uma das meninas pediu e intimou o pai ajudar a colar. É uma atividade de interação e responde bem o questionamento de um internalta: As crianças de hoje não sabem brincar – Será que alguém para pra brincar, ensinar e interagir com as crianças? Se o adulto não faz, perde uma boa oportunidade de ser mais feliz e de fazer alguém feliz. E não precisa ser só com o filho ….. pode ser um sobrinho, o neto, um desconhecido qualquer. É prazeiroso brincar com papel, com as crianças e até sozinho.

“O bom de ensinar a fazer brinquedo de papel é que a criança leva o aprendizado para a vida toda e vai ensinar outras pessoas e formar outras crianças. Brincar com papel além de divertir, distrai, treina princípios de geometria, matemática, concentração, delicadeza de dobrar, encaixar, colar … e ainda pode brincar sozinho ou em grupo- e não tem idade”. diz Sérgio – que ensina a fazer na oficina.

SOBRE O CONCURSO

Tem que ter regras bem claras. Nesse concurso tinha regras: as categorias eram: maior pipa, menor pipa e a mais criativa e a condição era que voasse e se mantivesse no ar.

23

Observação: na foto acima o ponto vermelho em cima da pipa com uma cruz é uma pipa, concorrendo a menor pipa que voasse.

Mas só voar e se manter no ar é pouco: deve ser avaliado também o quanto a pipa tem do condutor em termos de criação, para incentivar as pessoas a planejarem e confeccionarem o próprio brinquedo. Valorizar mais a confecção artesanal. Não é possível concorrer um produto industrializado que custa em torno de US $ 500 / quase 1.500 reais concorrer com um trabalho artesanal e com beleza  rústica.

Devo confessar que tanto um como o outro fizeram bonito no ar e o dragão colorido, com mais de 40 metros roubou a cena. Lindo!

36 31 29 28 22 21 20 19

O sol estava tão bom, o vento colaborou bastante e o céu estava lindo!
Tudo colaborou para que fosse um belo dia.

No final até os prêmios do concurso de pipa foram doados para o abrigo.

Adorei participar e estou ansiosa para a próxima oficina.

Redação Helenice Alberto em 1/6 2015

3 pensamentos sobre “Oficina de pipa 2

  1. Parabéns por este belo evento, Projeto educacional com pipas temáticas.

  2. Laura disse:

    Foi sensacional poder desenvolver esse trabalho. Alem de gratificante, foi bastante divertido: trabalhar brincando❤

  3. […] o brinquedo e depois quebrou o silencio no escritório de contabilidade e todos brincaram) Uma das oficinas cujo objetivo além de divulgar a faculdade beneficiava orfanato Como fazer bonecos de […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s