Capucheta como fazer

Capucheta pode ter outras variações de nomes em outras regiões do Brasil.
Se você conhece por outro nome escreva nos informando.

No dicionário a palavra capucheta não existe, mas é algo próximo da palavra capucha (consta no dicionário), que dentre outras definições quer dizer capuz.
A capucheta se assemelha a um capuz. É feita de qualquer papel, inclusive jornal e não tem tamanho definido.  Pode ser pequena, ou grande. É muito simples e não requer nenhum material que não esteja ao alcance das mãos, causando um ótimo motivo para entreter a criança no improviso.

Para fazer uma basta uma folha de papel e um fio de linha.

1 Dobre ao meio o papel e corte conforme o esquema abaixo.
2 Abra e faça um furo nas laterais superiores e uma na extremidade inferior.
3 Amarre o fio de linha unindo as duas laterais superiores.
4 Amarre um pedaço do fio de linha no furo inferior.
5 Depois de cortar tiras com a sobra de papel amarre no fio do furo inferior.

E é só brincar. Se não deu certo vamos começar de novo. Ou procurar o ponto que deve ser corrigido.

esquema capucheta

esquema mesmo que capucheta

Redação e arte composto por Helenice   e-mail helenice.alberto@gmail.com

siga twitter

4 pensamentos sobre “Capucheta como fazer

  1. […] capucheta, espécie de brinquedo voador pode ser feita com jornal e é muito […]

  2. […] COMO FAZER UMA CAPUCHETA? […]

  3. […] capucheta: mandado: pipa mandado – quer dizer que foi cortado com linha envenenada ou com cortante. relo: quando um corta o outro na brincadeira de pipa – normalmente com linha envenenada ou linha de combate: é a ação de corta corta com linha chilena ou linha com cortante. rabiola: é um fio de linha com aplicação de fita, sacola plástica, bolinhas de algodão, tripa de algodão, fita de máquina de datilografia, tiras de jornal,retalhos de tecido. carretilha: local onde se enrola a linha para empinar pipa. Pode enrolar a linha também em lata de óleo vazia, ou algum suporte plástico e leve. peixinho: pipa de tamanho médio no formato quadrado com mais ou menos 50 cm. estar limpo: estar sem cortante, não estar envenenado, estar sem cortante estar puro: estar com a linha original sem envenenamento, sem cortante. Não está em combate. cortante: pode ser uma mistura de cacos de vidro e cola. linha chilena: linha de combate. Uma mistura de pó de quartzo com óxido de alumínio: é proibida e a multa pode chegar a 1500 reais em algumas regiões por lesão corporal. envenenada: não estar puro (com linha limpa). Linha com cola e caco de vidro ou a linha chilena que é proibida e a multa pode chegar a 1500 reais em algumas regiões por lesão corporal. Manda buscar: quando um dos combatentes apara o pipa e traz pra si. Grita para o oponente – manda buscar! desbicar: depois de por o pipa no alto, desbicar significa fazer o pipa dar um mergulho, descarregando a linha energicamente e em seguida puxar rapidamente fazendo-o subir. Isso pode ser repetida inúmeras vezes e até utilizado em combate quando o objetivo é cortar o oponente e aparar para trazer pra si. Raia de puxe: é no formato de peixinho tamanho grande, pode subir sem rabiola e é ideal para as situações de combate. Bufa: pipa feio e destruído. Nó: são as ações para finalizar a rabiola (linha e tiras de plástico, pedaço de tecido na pipa, algodão no fio de linha) um no outro é finalizado com nó, laçada com certeza que não soltará. Nó também une a linha da carretilha ao estirante. estirante: é a linha que une um lado ao outro ou no eixo principal no caso do quadrado o pipa ou na diagonal no caso do peixinho. Na capucheta o estirante é amarrado nos furinhos das extremidades na parte superior da capucheta. mina: garota. truta: garoto amigo que chega na roda. […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s