Pepone o sapo

sapo

(por Helenice)

O sapo Pepone
Pula, pula, pula
Quando tem fome
Coaxa, coaxa, até rebentar
Quando chove
Ele sai na chuva para festejar
E quando o rio enche
Ele sai pra nadar.
Ele mora na toca
No buraco do muro
E morre de medo
De sair no escuro.
Eu pulo,
Eu canto, e apronto tantas
Até saio na chuva para brincar
E quando ele sai
Eu me escondo
Quando ele entra eu saio
Quando ele some eu cismo
E quando surge eu sossego.
Eu moro na casa
Onde tem o muro
Que tem o buraco
Pro Pepone morar.

Redação Helenice   e-mail helenice.alberto@gmail.com

siga twitter

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s